Em Pontalina, uma dupla de traficantes é presa com meio quilo de crack por Policiais Civis

363
pontalina droga
Ronlado (de cinza) e Dolô (de azul)

Policiais civis de Pontalina, no sul do Estado, prederam em flagrante, no dia 27 de outubro, Ronaldo José da Silva, de 45 anos, e Denisval Ramos dos Santos, conhecido como “Dolô”, de 49 anos, por crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico. A dupla foi abordada quando chegavam de Itumbiara, transportando pouco mais de meio quilo de crack.

De acordo com as investigações, ao perceber a presença da Polícia Civil, Ronaldo furou o bloqueio e empreendeu fuga em alta velocidade. Neste momento, Denisval, que estava no banco do passageiro, pulou do carro ainda em movimento, levando a sacola que continha a droga. Ambos foram detidos em seguida.

Conforme apontou levantamento posterior, Ronaldo utilizava o próprio carro, um VW Gol, para buscar a droga e transportá-la até Pontalina. De acordo com a Polícia Civil, a droga adquirida por Ronaldo seria transformada em cerca de 3 mil pedras de crack, que seriam revendidas em Pontalina.

Ronaldo vinha sendo investigado por tráfico de drogas há cerca de oito meses e abastecia diversos pontos de tráfico da região. Pelas investigações, Denisval trabalhava como “mula” do comparsa, ou seja, era quem transportava a droga e assumia a posse em eventual abordagem policial.

De acordo com a Polícia Civil, Ronaldo tem passagens por crimes de roubo qualificado, lesão corporal, tráfico de drogas, crime pelo qual possui condenação, e associação para o tráfico de drogas. Já Denisval tem passagem na polícia por crime de roubo. A prisão da dupla foi realizada em conjunto com o Grupo de Repressão a Narcóticos (GENARC) de Itumbiara.

Texto: Assessoria de Imprensa da Polícia Civil
Foto: Polícia Civil / Pontalina