Em Valparaíso, dono de distribuidora de bebidas é preso por tráfico e porte de arma

849
danivan
Danivan de Sousa Santos

Policiais civis do Grupo Especial de Repressão a Narcóticos (GENARC) de Valparaíso, sob o comando do delegado Fabrício Rodrigues, prenderam em flagrante, no dia 10 de março de 2015, Danivan de Sousa Santos, 30 anos, mais conhecido como “Boi”, pelo crime de tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo e munições, no bairro Jardim Oriente, naquele município.

O autuado possui uma distribuidora de bebidas e utilizava o estabelecimento para a venda de drogas, como cocaína, crack e maconha. Por conta da movimentação constante de usuários, o local já era investigado há algumas semanas. No dia da prisão, os policiais abordaram um usuário que havia acabado de adquirir a droga. Ele portava duas porções de crack e foi liberado após ser autuado por posse de droga para consumo próprio.

Diante da situação de flagrante, os policiais entraram no estabelecimento do investigado e, logo na entrada, encontraram uma balança de precisão e uma porção de cocaína. Dando continuidade às buscas, que foi acompanhada pela companheira do suspeito, os agentes localizaram quatro tijolos de maconha, duas porções de crack, uma porção de cocaína, R$ 2 mil em notas miúdas, além de uma pistola, com dois carregadores e cinquenta munições.

Texto: Assessoria de Imprensa da Polícia Civil
Foto: Polícia Civil / GENARC / Valparaíso