Equipe da GGF se reúne com diretor de articulação política da Alego

548

image2-1Na manhã desta terça-feira (29/11), o Gerente de Gestão e Finanças da Polícia Civil, delegado Eraldo José Augusco, juntamente com o Coordenador de Modernização e Finanças, agente Marcos Valverde, e o Chefe do Núcleo de Prospecção de Recursos, agente Carlos José Ferreira de Oliveira, participaram de uma reunião com o diretor de Articulação Política da Assembleia Legislativa do Estado de Goiás, delegado Marcos Martins Machado.

Na reunião foram discutidos alguns temas que interessam à gestão financeira da instituição, principalmente aqueles relacionados às emendas parlamentares. O delegado Eraldo Augusco apresentou o novo formato da Gerência de Gestão e Finanças, com suas respectivas coordenações e núcleos, explicitando minuciosamente o dever e a obrigação de cada uma delas.

Augusco fez questão de ressaltar o trabalho atual dos coordenadores e também a disposição empregada pelo delegado-geral, Álvaro Cássio dos Santos, em valorizar o mérito e o perfil técnico dos policiais civis, salientando o trabalho em equipe entre delegados, agentes e escrivães de polícia.

O chefe de prospecção de recursos, Carlos José Ferreira de Oliveira, destacou a importância de se ter alguém da instituição como responsável por trabalhar diretamente com os parlamentares goianos e demais instituições públicas, com o objetivo de prospectar recursos para a Polícia Civil.

Já o delegado Marcos Martins, fez um pequeno histórico do seu trabalho como delegado de carreira e diretor da Polícia Civil. Agradeceu a visita e a lembrança do seu nome e ressaltou a importância de se ter uma pessoa específica para cuidar de assuntos relativos às emendas parlamentares e demais assuntos junto ao legislativo estadual. Por fim, Martins garantiu que vai se empenhar em ajudar a instituição a solucionar algumas demandas com necessidades de recursos via emendas parlamentares.

Participaram ainda da reunião o assessor parlamentar e agente de Polícia aposentado, Geovanni Lelis Nunes, o assessor parlamentar José Alberto, e o chefe de gabinete Cesar Perilo.