Suspeito de estelionato é preso em Itumbiara, ao fazer compras em nome de terceiros

545
estelionato
Renato da Cruz Vilela

Policiais civis do 2º Distrito Policial de Itumbiara prenderam, no dia 19 de janeiro, Renato da Cruz Vilela, de 37 anos, pelo crime de tentativa de estelionato. Ele tentava efetuar compras no comércio local utilizando nome de terceiros. Segundo o Delegado Lucas Finholdt, dias antes da prisão, o investigado realizou a aquisição de diversas peças de materiais elétricos em nome de uma empresa conhecida da cidade.

No dia 19, ao tentar realizar o mesmo golpe, novamente contra a mesma vítima, Renato foi capturado pelos agentes de polícia do 2º DP de Itumbiara, que já haviam o identificado. Ele ligava para a empresa vendedora e se identificava como funcionário da empresa compradora. Em interrogatório policial, o autuado confessou a prática do estelionato.

A vítima reconheceu o investigado como sendo o autor do crime ocorrido no início da semana. Os objetos do delito foram recuperados pela Polícia Civil, periciados e devolvidos à vítima. O autuado responderá inquérito de estelionato, na modalidade tentada, pelo último delito, e pelo estelionato consumado, ocorrido no dia 12 de janeiro.

Renato possui passagens pelo crime de estelionato, apropriação indébita, comunicação falsa de crime, denunciação caluniosa. Há menos de um mês, ele foi preso em flagrante por uso de documento falso. A pena do estelionato é de um a cinco anos de reclusão, enquanto a pena de tentativa de estelionato é de um a cinco anos de reclusão, com diminuição de um a dois terços.

Texto: Assessoria de Imprensa da Polícia Civil
Foto: Polícia Civil / Itumbiara