Fim da impunidade: Presos por Policiais Civis de Jaraguá autores de latrocínio cometido em 2012

643
Paulo Henrique
Reginaldo Carvalho e Paulo Henrique: Latrocidas presos

Reginaldo Carvalho de Lima e Paulo Henrique Barbosa Mendes foram presos por Policiais Civis de Jaraguá, suspeitos do crime de latrocínio de Aparecido Fernandes da Silva, 35 anos. Vítima e autores estavam em um evento festivo em uma chácara de nome Point Fest, na zona rural daquele município, no dia 3 de março de 2012, quando aconteceu o crime.

Os três se juntaram para usar drogas, mas se desentenderam e Aparecido Fernandes acabou perdendo a vida, segundo relatou o Delegado Webert Leonardo, Titular da Delegacia de Polícia de Jaraguá.

Conforme informou Reginaldo Carvalho, conhecido por Piauí, a discussão começou por causa da quantidade de droga que a vítima teria encomendado para que um dos autores pudesse realizar a compra. O latrocínio foi consumado pelo fato de que a vítima havia recebido valor superior a R$ 1.000,00, proveniente de um trabalho de pedreiro realizado. O valor foi subtraído da vítima pelos suspeitos. Desta forma, Webert Leonardo entendeu pela necessidade da representação pela prisão Temporária dos autores, medida prontamente atendida pelo judiciário local.

Delegado
Delegado Webert Leonardo comandou as investigações

De posse das medidas cautelares, os Policiais Civis de Jaraguá, realizaram várias diligências, inclusive, na cidade de Anápolis, onde conseguiram localizar e prender Piauí, onde se encontrava desde a data do crime. Paulo Henrique, por sua vez, foi preso em Jaraguá. Durante as diligências, os Policiais Civis se depararam com Vitor Rodrigues das Chagas, foragido da justiça do Piauí. Com Mandado de Prisão em aberto e residindo em Anápolis, Vítor Rodrigues acabou preso. (Texto: Delegado de Polícia Norton Luiz Ferreira – Assessor de Comunicação da Polícia Civil)

Vitor Rodrigues
Vitor Rodrigues: foragido preso