Foragido condenado por homicídio é preso pela Divisão de Capturas da DENARC

415
ramirez
Ramirez Valentino de Abreu

A Divisão Capturas da Delegacia Estadual de Repressão da Narcóticos (DENARC), através do agentes de polícia Venerando Júnior e Luciano Siqueira, coordenados pelo delegado Alécio Moreira de Souza Júnior, cumpriu o mandado de prisão, expedido pelo Juízo da 1ª Vara Criminal de Luziânia/GO, em desfavor de Ramirez Valentino de Abreu, de 50 anos. Ele foi preso no dia 6 de maio de 2015, no Conjunto Vera Cruz, em Goiânia, onde o acusado reside.

De acordo com a Polícia Civil, no momento da prisão, Ramirez tentou fugir, resistindo e não atendendo às ordens dos policiais, contudo foi rapidamente imobilizado. Quando abordado, ele teria reagido a gritos, dizendo ser policial militar da reserva do Distrito Federal, e apresentou carteira de identidade expedida pela PM do DF. Os agentes da DENARC, porém, já tinham conhecimento de que Ramirez foi expulso da corporação em 2008.

Ramirez foi condenado pela prática de crime de homicídio, pelo Tribunal do Juri da Comarca de Luziânia, no princípio de 2012. A vítima, Francisco Celestino Ferreira, à época com 42 anos, foi morta a golpes de faca, em 1997. Segundo o próprio condenado, o crime ocorreu após uma briga de bar, em Luziânia. Ramirez está recolhido na carceragem da Delegacia Estadual de Capturas (DECAP), à disposição do Poder Judiciário.

Texto: Assessoria de Imprensa de Polícia Civil
Foto: DENARC