Fugitivos do Centro de Inserção Social de Rio Verde presos após roubo de lotérica em Baliza

499
Ênio César de Oliveira da Costa

Cairo Souza Dutra e Ênio César de Oliveira da Costa, foragidos do Centro de Inserção Social, de Rio Verde, foram identificados pela Polícia Civil como sendo os responsáveis pelo roubo na Agência Loteria da cidade de Baliza, fato ocorrido no último dia 1º de dezembro.  Presos por PMs durante a fuga rumo ao município de Bom Jardim, Cairo se apresentou como sendo João Otávio e Ênio César como Thiago Medeiros, o que foi desqualificado durante as investigações realizadas pelos Policiais Civis de Aragarças.

 Os policiais descobriram também que no dia da fuga de Ênio César houve um homicídio no Centro de Inserção Social de Rio Verde, tendo vítima o reeducando Daniel Peres de Sousa, morto com vários golpes de faca. Seu corpo foi localizado, amordaçado, escondido sob a cama. Ênio confessou aos policiais que matou Daniel  momentos antes de fugir do estabelecimento penal. Na sua ficha criminal constam homicídio, furto, roubo e participação em uma rebelião no Centro de Inserção Social, com refém. Seu comparsa no roubo à lotérica de Baliza, Cairo Sousa Dutra possui também uma extensa folha criminal por tráfico de drogas e roubo.

Cairo Souza Dutra

Cairo e Ênio teriam agido no roubo em Baliza com a ajuda de mais dois comparsas, conforme informações preliminares obtidas nas proximidades da casa lotérica. Os Policiais de Civis de Aragarças, que têm atuação também em Baliza, trabalham no sentido de levantar a identidade dos outros dois suspeitos. Duas motocicletas foram utilizadas na prática do roubo. Os bandidos levaram do estabelecimento roubado R$ 1.500,00 em espécie e pertences pessoais das vítimas. Parte do  dinheiro foi  recuperado e apreendida uma das armas utilizadas no roubo pelos assaltantes.