Piracanjuba: Funcionário público é preso por publicar fotos de adolescente nua na internet

572
leandro
Leandro Silva

A Polícia Civil de Piracanjuba, no sul do Estado, sob o comando do delegado Vicente de Paulo Silva e Oliveira, prendeu, no dia 2 de julho, o funcionário público municipal Leandro Silva Oliveira. Ele é suspeito de publicar fotos de mulheres adultas e menores em uma rede social. As vítimas foram expostas em situação vexatória e de nudez explícita.

Segundo o delegado, as investigações duraram cerca de seis meses e começaram após várias denúncias sobre publicação de fotografias de mulheres e adolescentes nuas na internet e no WhatsApp. O suspeito estaria publicando as imagens num grupo denominado “Putas de Mirta”, administrado por ele.

Durante as investigações, ficou constatado, ainda, que Leandro estaria simulando, mediante montagens (sobreposição de imagens), a participação de adolescente em cenas de nudez, além de publicações referentes a duas mulheres maiores de idade, também feitas sem consentimento das vítimas e mediante manipulação.

Em poder do indiciado foram apreendidos um telefone celular e um notebook. Na memória do celular foram encontradas as fotografias das duas mulheres e da adolescente, bem como outras imagens de cunho erótico e sexual explícito com envolvimento de pessoas com aparência infantil, provavelmente menores.

Também no telefone, estavam armazenadas montagens eróticas envolvendo os jogadores da Seleção Brasileira de Futebol. Em seu interrogatório, na presença de seu advogado, o indiciado confessou ser o administrador do grupo do WhatsApp em que foram feitas as publicações. Ele foi preso em flagrante pro infração ao Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

Texto: Flávia Guerra – Assessoria de Imprensa da Polícia Civil
Fotos: Polícia Civil / Piracanjuba