Garra prende assassino de mãe adotiva da Vila Redenção no interior do Mato Grosso

519

WhatsApp Image 2017-07-03 at 13O Grupo Antirroubo a Residências , da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Garra/Deic), em ação conjunta com a Polícia Civil do Estado de Mato Grosso, prenderam temporariamente Ricardo Ferreira Vidotto de Azevedo, 31 anos.Ele é apontado como o autor do crime de latrocínio que vitimou Sônia Maria de Passos no dia 11 de fevereiro deste ano na Vila Redenção, em Goiânia. A captura se deu no sábado, dia 24 de junho, em Jaciara, no Mato grosso, onde o investigado se encontrava homiziado em um acampamento para sem-terras.

Apurou-se que Ricardo conhecia a vítima há muitos anos, assim como seu esposo, sendo criado como filho pelo casal. No dia dos fatos, ele foi recebido pela vítima, que se encontrava sozinha. No interior da residência, Ricardo a teria golpeado fortemente na cabeça com soco. Em seguida, a teria esgorjado com um golpe de faca, arrastando-a para o banheiro depois de morta, onde foi encontrada sem vida.

Na ação, foram subtraídos um veículo Fiat Strada, dois televisores, uma aliança e uma corrente de ouro, pertencentes à vítima. Após o crime, Ricardo se dirigiu à cidade de Pedra Petra e, depois, a JACIARA, ambas Mato Grosso. Nesse município, ele trabalhava em um assentamento para sem terras, e lá preso após trabalho investigativo dos policiais do GARRA/DEIC.

Interrogado, Ricardo e confessou o crime. Ele afirmou ter assassinado sua mãe adotiva porque precisava de dinheiro e pretendia deixar a cidade. Diante das circunstâncias em que ocorreram os fatos, os policiais civis trabalham com a hipótese de Ricardo ter agido sob o efeito de drogas. O investigado encontra-se preso temporariamente e, com a finalização das investigações, a Polícia Civil irá representar ao Poder Judiciário para que decrete sua prisão preventiva.