Polícia Civil: Genarc apreende mais de 4 mil carteiras de cigarros contrabandeadas

347
Cigarros apreendidos pelos Policiais Civis do Grupo Especial de Repressão a Narcóticos

Na tarde de ontem, 05/07, Policiais Civis do Grupo Especial de Repressão a Narcóticos – Genarc, de Anápolis, prenderam Antônio Joaquim da Silva, acusado de contrabandear cigarros do Paraguai.  Com o preso, que é aposentado, foram apreendidas mais de 4 mil carteiras de cigarros.

O Delegado de Polícia Alex Nicolau do Nascimento Vasconcellos, Coordenador do Genarc, disse que Antônio Joaquim foi preso quando tentava vender alguns cigarros para um comerciante. O acusado transportava aproximadamente 140 carteiras de cigarro em seu carro e confidenciou aos Policiais Civis que na sua residência havia mais do produto contrabandeado.

Na casa do aposentado foram encontradas cerca de 4 mil carteiras de cigarros, avaliadas em 12 mil reais provenientes do contrabando. “Considero a apreensão de grande vulto e importância, pois os cigarros apreendidos não possuem qualquer controle da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), podendo causar mais riscos ainda a saúde do que os regularmente comercializados no País” afirmou Alex Nicolau.