Genarc, de Formosa, prende autor de homicídio que utilizava nome falso de Jonathas Rocha

524

Adilson Vieira de Souza, o Galego

Adilson Vieira de Souza Martins, o Galego, foi preso na tarde de ontem (28.08), em Santo Antônio do Descoberto, no Entorno do Distrito Federal, por Policiais Civis do Grupo Especial de Repressão a Narcóticos (Genarc), de Formosa. Ele é acusado do assassinato de Sérgio Raya Matos dos Santos, em março último, em Formosa. O preso tinha em seu desfavor um Mandado de Prisão Preventiva.

Para tentar não ser localizado pela Polícia Civil, Adilson Vieira utilizava o nome de Jonathas Rocha quando foi preso. As investigações indicavam que o preso vinha utilizando nome falso, mas acabou não conseguindo seu objetivo, segundo o Delegado de Polícia de Padre Bernardo, Felipe Caoê Socha, que colaborou pessoalmente na prisão de Galego. O Genarc, de Formosa, é coordenado pelo Delegado Vytautas Zumas.

O crime ocorreu no Setor Bela Vista, no dia 6 de março do ano corrente, por volta das 19 horas. Sérgio foi morto a tiros dentro do quintal de sua casa,  sem qualquer chance de fuga ou defesa. Logo após o crime, o autor do homicídio saiu da cidade em direção a Santo Antônio do Descoberto, onde foi preso por roubo no mês de julho. Na oportunidade, Adilson tentou fornecer um nome falso, mas foi identificado por Policiais Civis locais e devidamente qualificado.

Texto: Delegado de Polícia Norton Luiz Ferreira  – Assessor de Comunicação da Polícia Civil