GENARC de Formosa prende quadrilha de traficantes com 18 quilos de maconha em balaio

693
genarc_formosa
Material apreendido com o grupo

O Grupo Especial de Repressão a Narcóticos (GENARC) de Formosa, no Entorno do Distrito Federal, prendeu, no dia 27 de agosto, quatro componentes de associação criminosa montada especialmente para o tráfico de drogas. Após dois meses de investigação, a polícia chegou primeiro ao líder do grupo, Jonata Lobo Barbosa, de 23 anos.

O suspeito, conhecido como “Verdinho”, chefiava os demais componentes e dividia tarefas específicas para cada um. Jonata foi preso junto com a namorada, Diana Pereira Brandão, de 19 anos, e Eli Olsson Rodrigues Júnior, de 21 anos.

Segundo o delegado Vytautas Zumas, os três foram detidos quando foram à casa de Eli Júnior, na Avenida Lagoa Feia. Eles teriam ido ao imóvel para buscar um revólver calibre 38 e cocaína. No local, além da arma, foram achadas várias porções da droga, já embaladas para a venda.

Logo em seguida, a Polícia Civil  se dirigiu ao Jardim Califórnia, onde prendeu o último integrante da quadrilha, Jardel Boss, de 23 anos. Jardel morava com a mãe e contra ele havia um mandado de prisão preventiva por agressão contra a própria genitora.

Na casa de Jardel,os Policiais Civis  encontraram um balaio de vime com cerca de 18 quilos de maconha, uma balança de precisão e material para embalar a droga. Jardel, assim como Eli Olsson, tinha a função de guardar a droga e fazer pequenas entregas, sempre supervisionadas pelo mentor, Jonata Lobo.

Texto: Assessoria de Imprensa da Polícia Civil
Foto: Polícia Civil / GENARC / Formosa