Polícia Civil: GENARC, de Goianésia, prende seis adultos e apreende um menor por tráfico

656
Dinheiro, celulares, drogas e outros objetos apreendidos c om os traficantes

Dando continuidade às investigações no combate ao tráfico de drogas em Goianésia, Policiais Civis do Grupo Especial de Repressão a Narcóticos (GENARC) da cidade realizaram uma operação que começou às 18h do dia 27 e terminou às 18h de ontem, 28/03. Durante a ação, seis pessoas foram autuadas pelos crimes de tráfico e associação para o tráfico de drogas e receptação de objetos furtados. Um adolescente também foi apreendido, acusado por ato infracional de tráfico e associação para o tráfico de drogas. Com o grupo foi encontrado cerca de 300 gramasde crack, aproximadamente R$ 1.000,00 em dinheiro, duas motocicletas, vários eletroeletrônicos e oito bicicletas com suspeitas de serem furtadas e trocadas por drogas.

As investigações apontam que a quadrilha era comandada por Luizmar Luiz Ferreira, o Luizinho, e pelo seu irmão Janderson Luiz Ferreira, o Leandro. Os dois moravam em Brasília e há três anos estavam em Goianésia. Eles começaram como pequenos traficantes e chegaram a montar uma loja de confecções como disfarce, mas, após as prisões de grandes traficantes nos dois últimos anos, se tornaram os grandes traficantes e levaram outros parentes e amigos de Brasília para se fortalecerem e comandarem o tráfico de drogas. Mas para isso acontecesse, eles adotaram algumas regras – chegando até a  selecionar os usuários que poderiam frequentar a região do Bairro Boa vista, lugar que abriga  o maior ponto de venda e consumo de drogas da cidade. Aqueles que não seguiram as regras do grupo foram vítimas de homicídio e tentativa de homicídios, lesões corporais e ameaças.

A quadrilha teve quase 70% de seus componentes presos nesta operação. Os Policiais Civis do GENARC estão à procura dos outros integrantes, os quais, segundo a Polícia Civil, deverão ser presos em breve em virtude de mandados de prisão. Além dos irmãos Luizmar e Janderson, foram presos  também Rafael Cavalcante, Renan Costa, Henrique Augusto, Edvana de Camargo e um menor de 16 anos, apreendido. Vale ressaltar que Edvana é atual amásia de Luizinho e que teve seu ex-amásio preso por tráfico em 2010.

Luizmar é suspeito de ser mandante de vários crimes de lesão corporal, de homicídio e tentativas de homicídios ocorrido neste ano e ano passado em Goianésia, sendo que as vítimas eram traficantes ou usuários de drogas. “Nós demos o recado que quem continuar no tráfico será preso esses nos desafiaram e agora estão recolhido no CIS-Goianésia. Fica o mesmo recado para os outros que continuam no tráfico” afirmou Marco Antônio Maia Júnior, delegado titular do GENARC de Goianésia. Em uma semana 10 pessoas foram presas pelo GENARC.