Genarc, de Itumbiara, e Policiais Civis de Morrinhos prendem homem com remédios proibidos

324
Parte dos remédios apreendidos pelos Policiais Civis

A Polícia Civil apreendeu abortivos, medicamentos para disfunção erétil, reumatismo e emagrecedores

Policiais Civis do Grupo Especial de Repressão a Narcóticos (Genarc), de Itumbiara, fizeram, na noite da última terça-feira (4), a prisão em flagrante de Gilson Ferreira, 47 anos, no setor Aeroporto, em Morrinhos. Com o suspeito a polícia apreendeu mais de oito mil comprimidos, entre abortivos, medicamentos para disfunção erétil, reumatismo e emagrecedores.

De acordo com o Delegado Regional de Itumbiara-6ª DRP, Ricardo Chueire, foram mais de dois meses de investigação até a prisão de Gilson. “Diante de denúncias anônimas constatamos que Gilson fazia a compra e venda ilegal desses medicamentos. O suspeito adquiria os produtos em Foz do Iguaçú-PR e armazenava em sua residência, localizada em Morrinhos. Esses medicamentos são de origem do Paraguai”, disse.

Segundo Ricardo, o homem revendia esses medicamentos em feiras livres e shoppings populares de importados de Goiânia. “Era visível a grande movimentação de Gilson para fazer a entrega dos remédios. Ele utilizava sua motocicleta para fazer a entrega”.

Na casa do suspeito a polícia encontrou centenas de cartelas dos medicamentos, que estavam escondidas embaixo da cama de Gilson. Entre os produtos apreendidos estão o Cytotec, cuja venda é proibida pela Anvisa – usado para abortos clandestinos, Anfetamina – utilizado como emagrecedor e estimulantes sexuais, sendo a maioria fabricado no Paraguai.

Ainda na residência do detido, a polícia encontrou R$ 6.402,00 em dinheiro, que segundo o delegado pode ser proveniente da venda de medicamentos. Gilson, que já tem uma passagem por receptação, foi autuado por tráfico de drogas e crime contra a saúde pública. Ele foi encaminhado ao Presídio de Morrinhos.

Fonte: O Hoje
Texto: Kamylla Rodrigues