GENARC de Itumbiara prende quadrilha de tráfico de drogas. Grupo abastecia bocas-de-fumo

456

familia crackPoliciais civis do Grupo de Repressão a Narcóticos (GENARC) de Itumbiara, coordenados pelo delegado Rilmo Braga, prenderam, no dia 10 de dezembro, uma das principais quadrilhas de tráfico de drogas da região. Foram presos Gabriel Mendes, de 19 anos, Wender Silva, de 28 anos, Tiago Souza, de 27 anos e Taisa Moreira, de 24 anos, todos aviões do tráfico de drogas.

Também foi presa Cecília de Souza, que era quem transportava a droga, e o chefe da quadrilha Bruno Henrique Santos, de 25 anos. Segundo o delegado Rilmo, os criminosos foram alvo de investigação que durou meses. Nesse período, foram realizadas inúmeras diligências de inteligência que identificam os traficantes presos como grandes distribuidores de drogas para dezenas de bocas de fumo de Itumbiara e cidades vizinhas. Devido à sua atuação no tráfico da região, o Poder Judiciário já havia decretado a prisão preventiva de Bruno.

Durante operação deflagrada no dia 10 de dezembro, foram apreendidos um quilo de pasta base de cocaína e várias porções de maconha, além de um revólver que era utilizado para ameaçar usuários que deviam dinheiro para a quadrilha. Todos foram presos em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico no exato momento em que recebiam a droga vinda de Minas Gerais e se preparavam para realizar a distribuição do entorpecente.

O líder da quadrilha Bruno já tem passagem por homicídio, tendo ele efetuado cinco tiros na vítima em plena via pública, crime esse ligado ao tráfico de entorpecentes. Até mesmo uma casa de luxo no bairro Alto da Trindade será alvo de sequestro judicial, pois há provas suficientes de que o imóvel foi construído com proveito do tráfico de drogas.

Com essa prisão, o GENARC supera a meta estabelecida no início do ano, que era de 80 prisões, e chega a 83 prisões no ano de 2014 em Itumbiara e região.

Texto: Assessoria de Imprensa da Polícia Civil
Fotos: Polícia Civil / GENARC / Itumbiara