Gepatri de Itumbiara e 3ª DRP, de Anápolis, prendem segundo suspeito de tentativa de latrocínio

555

O Grupo Especial de Repressão a Crimes Contra o Patrimônio (Gepatri) de Itumbiara, coordenado pelo delegado Lucas Finholdt, em conjunto com a 3ª Delegacia Regional de Polícia (DRP), com sede em Anapólis, coordenada pela delegada Aline Vilela, deram cumprimento ao mandado de prisão de Maicon Rodrigues da Silva, 31 anos (à esquerda na foto), suspeito de ser um dos autores de uma tentativa de latrocínio ocorrida em março de 2018, em Itumbiara, resultando na conclusão do inquérito.

Em relação ao outro autor, Luan Henrique de Melo Gontijo, 23 anos (à direita na foto), em seu desfavor foi dado cumprimento a mandado de prisão no final da última semana, oportunidade em que foi capturado pelo GPT Motos de Itumbiara com uma motocicleta produto de furto.

O crime aconteceu em março de 2018, ocasião em que Luan e Maicon tentaram assaltar um posto de saúde também em Itumbiara. Na ação criminosa, um segurança voi alvejado na perna. Os criminosos efetuaram fuga em uma motocicleta.

A Polícia Civil representou pela prisão preventiva e, após manifestação favorável do Ministério Público, sua prisão cautelar foi decretada pelo Poder Judiciário de Itumbiara. Maicon teve prisão preventiva decretada em Anápolis, após diligências da 3ª DRP. Interrogados, ambos confessaram o delito, mas apresentaram versões conflitantes.

Os investigados estão recolhidos no Presídio Regional de Sarandi, em Itumbiara, por tentativa de latrocínio, cuja pena pode chegar a 16 dezesseis anos de reclusão. Maicon possui passagens policiais por roubo qualificado e furto; Luan, por roubo, furto em residência, furto em comércio, receptação e tráfico de drogas.

Caso mais alguma vítima ou testemunha reconheça os investigados, a Polícia Civil solicita que faça contato com o Gepatri de Itumbiara, por meio do telefone (64) 3431-7282.