GIH Aparecida de Goiânia encontra ossada humana enterrada em quintal de residência

479

Policiais civis do Grupo de Investigações de Homicídios (GIH) de Aparecida de Goiânia (GIH) estiveram, nesta segunda-feira (22), no setor Caraíbas, a fim de verificar uma denúncia anônima de ocultação de cadáver.

Os policiais iniciaram a busca, após a autorização do morador Cledson Soares de Oliveira, preliminarmente sem sucesso. Em razão dessa situação, foi solicitado apoio dos Bombeiros Militares, os quais prontamente atenderam ao chamado e ajudaram na localização da ossada humana, que estava enterrada no quintal do lote, coberta por uma lona e diversas telhas de barro. A vítima provavelmente se trata de Lorena Oliveira Xavier e Silva, desaparecida desde o dia 22 de outubro de 2017.

Cledson foi preso e autuado em flagrante pelo crime de ocultação de cadáver e, na delegacia, confessou ter auxiliado no homicídio. O autuado agiu em parceria de um comparsa qualificado, que está sendo procurado pela polícia. A princípio, a motivação do crime se trata de dívida de drogas, pois a vítima estava fazendo uso de crack, assim como os autores.

A ação foi coordenadoa pelo delegado-adjunto Fabrício Flávio Rodrigues.