GIH de Aparecida apresenta suspeito de homicídio de suposta agiota

600
Magno Bandeira do Nascimento

O Grupo de Investigações de Homicídios (GIH) de Aparecida de Goiânia apresentou o preso Magno Bandeira do Nascimento, 34 anos, na terça-feira (13). A prisão foi decretada em virtude de Magno ser o principal suspeito de matar Luzia de Fátima, 58 anos. O fato ocorreu em 03 de novembro do ano passado, no Jardim Tropical.

A vítima foi alvejada com três disparos de arma de fogo, efetuados com um revólver de calibre 38. O autor foi preso e, inicialmente, negou qualquer envolvimento com o crime, Entretanto, confrontado com as provas já apuradas, confessou. Magno alegou que Luzia era agiota e o estava pressionando para receber uma dívida, chegando a ameaçá-lo. Essa circunstância teria motivado o homicídio.