GIH de Luziânia elucida homicídio em presídio praticado em 2012

437

O Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Luziânia indiciou Cristiano Ximenes Duarte como autor do crime de homicídio praticado a 12 de dezembro de 2012 no interior do Centro de Inserção Social de Luziânia. O reeducando Clecivaldo Rodrigues de Melo foi morto a golpes de arma branca artesanal pelo autor e, posteriormente, pendurado pelo pescoço nas grades da sela.

Segundo delegado titular do GIH, Maurício Passerini, Ximenes foi indiciado pela prática de crime de homicídio duplamente qualificado, sendo contra ele cumprido mandado de prisão preventiva, a fim de que responda o processo devidamente preso. Participaram das diligências os policiais civis Braziliano, Márcio, Helena e André.