GIH de Luziânia prende autor de homicídio cuja vítima havia furtado seu automóvel

542
Júnio de Souza Oliveira

O Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Luziânia desencadeou a penúltima operação policial da semana e logrou êxito ao prender mais um investigado pela prática de crime de homicídio perpetrado no município. Em apenas uma semana, quatro homicidas foram presos pela equipe do grupo especializado.

Segundo o delegado coordenador do grupo especializado, em desfavor de Júnio de Souza Oliveira foi cumprido mandado de prisão temporária. Ele figura como principal suspeito de ser o autor do crime de homicídio qualificado ocorrido no dia 19 de fevereiro do ano passado no Setor Norte, perpetrado contra a vítima Rodney Eduardo Nam da Silva.

Conforme apurado pela Polícia Civil e posteriormente confidenciado pelo investigado, o motivo seria o furto do veículo do autor pela vítima Rodney. Ao ser informado por parentes sobre o paradeiro de seu automotor, Júnio o localizou. Entretanto, notou que o equipamento de som e as rodas haviam sido retiradas.

A partir de então, ciente de quem seria o autor do aludido furto, Júnio passou a cobrar o valor equivalente aos bens subtraídos, avaliados em torno de R$ 5 mil. Como a dívida não foi paga, Júnio decidiu matar Rodney.

No dia dos fatos, o homicida exigiu, pela última vez, o pagamento do referido valor, o que foi negado pela vítima. Imediatamente, Júnio sacou a arma de fogo que portava e efetuou disparos conta Rodney, que não resistiu aos ferimentos e morreu. Recolhido ao Centro de Detenção Provisória, Rodney aguarda à disposição do Poder Judiciário local.