Polícia Civil: GIH de Luziânia prende filho suspeito de matar pai a pauladas

664
gih luziania
Idarlan Aberto Silva de Souza

O Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Luziânia, região no Entorno do Distrito Federal, prendeu, no dia 22 de setembro, Idarlan Aberto Silva de Souza, de 26 anos, acusado pelo assassinato do seu próprio pai.

Segundo o delegado Fernando Cabral Gili, coordenador do GIH, a vítima, Otávio Alberto de Souza, de 62 anos, estava desaparecida desde o dia 2 de setembro. O corpo de Otávio foi encontrado por seus vizinhos, em uma vala na chácara onde morava, na zona rural de Luziânia.

Após diversas diligências investigativas foi constatado como autor do crime o seu filho Idarlan, que golpeou o seu pai, colocou em um saco de transportar milho e o jogou em uma vala na chácara.

Reunidos angariados elementos comprobatórios suficientes, o delegado representou pela prisão preventiva do homicida, deferida pela Justiça. Ao ser preso, o acusado confessou o crime e disse que estava embriagado na data do fato, que após iniciar uma discussão com seu pai o matou com duas pauladas.

O delegado Fernando Gili adicionou que, embora instigado pela embriaguez, a motivação do crime girava em torno de uma disputa patrimonial na família. O delegado regional, Rodrigo Mendes, elogiou e parabenizou as ações desenvolvidas pelo grupo de homicídios de Luziânia, composto pelo delegado Fernando Gili, os escrivães José Maria, Mara Rosana e Leandro e pelos agentes de polícia Brasiliano, Divanilson, Jânio, Gilberto e André.

Texto: Assessoria de Imprensa da Polícia Civil
Foto: Polícia Civil / GIH / Luziânia