Policiais civis do GIH de Luziânia prendem terceiro suspeito de homicídio ocorrido em abril

681
unnamed
Alécio, o Léo

O Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Luziânia, no Entorno do Distrito Federal, prendeu, no dia 3 de junho, Alécio Ribeiro da Silva, vulgo “Léo”. Ele é o terceiro suspeito da morte de Rafael Carvalho, assassinado em 21 de abril, na zona rural do município.

De acordo com as investigações, coordenadas pelo delegado Fernando Cabral Gili, o crime foi motivado por um acerto de conta entre a vítima e os autores. Rafael teria se antecipado no cometimento de um crime anteriormente acertado com os homicidas, que agiram por vingança. Após ser alvejado, Rafael ainda teve o corpo queimado.

Os dois outros suspeitos do crime, Bruno de Carvalho e Alexandre Ferreira, já haviam sido presos. Com a prisão do terceiro criminoso, chega-se à fase final das investigações. Segundo o delegado Fernando Gili, o inquérito será relatado e remetido ao judiciário, para início da fase processual.

“Os elementos de convicção angariados na investigação são robustos o suficiente para que a polícia tenha absoluta certeza quanto à autoria do crime”, explica o delegado. Gili destaca o apoio do delegado Rodrigo Mendes, da 5ª Delegacia Regional de Polícia (DRP), nas investigações.

Links das prisões relacionadas:

https://www.policiacivil.go.gov.br/noticias/vitima-alvejada-e-queimada-gih-de-luziania-prende-segundo-suspeito.html

https://www.policiacivil.go.gov.br/noticias/gih-de-luziania-prende-suspeito-de-homicidio-ocorrido-em-abril.html

Texto: Flávia Guerra – Assessoria de Imprensa da Polícia Civil
Fotos: Polícia Civil / GIH / Luziânia