Policiais Civis do GIH de Rio Verde prendem mais dois homens acusados de homicídios

511
gih rio verde2
Pedro Gaspar e Gilberto Alves

Policiais civis do Grupo de Investigações de Homicídios (GIH) de Rio Verde prenderam, no dia 2 de fevereiro de 2015, Pedro Gaspar da Silva, de 27 anos, natural de Canelas/AL, suspeito de ter matado a facadas Daniel de Oliveira do Egito, de 26 anos, com quem dividia moradia.

Segundo o delegado Francisco Lipari Filho, responsável pelo caso, o suspeito foi detido menos de cinco horas após o delito. Pedro teria esfaqueado Daniel durante uma discussão acerca de um celular. O autor, preso ao tentar deixar a cidade, suspeitava que Daniel teria lhe furtado o aparelho.

Segunda prisão
No mesmo dia, os agentes de polícia também lograram êxito em localizar e efetuar a prisão preventiva de Gilberto Alves dos Santos, de 48 anos, autor do homicídio de José Adão Lopes dos Reis, de 48 anos, ocorrido em 3 de agosto de 2014. Segundo Lipari, o crime chocou a cidade pela brutalidade. Após ter feito uso exagerado de drogas, Gilberto esfaqueou a vítima por diversas vezes, causando seu esgorjamento. Desde então, o autor estava foragido.

De acordo com o delegado, o grupo vem se destacando na repressão a crimes de homicídios em Rio Verde. “Prisões realizadas no mesmo dia em que os crimes ocorrem não são novidade”, conta. Exemplo desse tipo de atuação foi a prisão do assassino de Fernanda Moraes Gomes, de 23 anos, assassinada a facadas no mês passado. O homem foi detido na rodoviária, ao tentar fugir para a Bahia, sua terra natal.

Texto: Assessoria de Imprensa da Polícia Civil
Fotos: Polícia Civil / GIH / Rio Verde