Goianésia: Grupo Especial de Repressão a Narcóticos prende 3 pessoas por tráfico de drogas

322
Dinheiro e drogas apreendidas

O Grupo Especial de Repressão a Narcóticos – Genarc, de Goianésia, prendeu e autuou em flagrante  neste último domingo (dia 12) três elementos acusados de crime de tráfico e associação para o tráfico de drogas. O primeiro a ser preso foi Rogério Gomes Rabelo, o “Rogerinho”, 21 anos que há dois anos era investigado por tráfico, ontem pela manhã agentes do Genarc tiveram uma informação de que o mesmo iria adquirir drogas no bairro Jardim Esperança.

Os Policiais Civis ficaram de campana velada e por volta das 16h30min Rogerinho foi flagrado conduzindo um veículo VW/ Gol, com posse de quase 40 gramas de crack. Com ele  foi apreendidos uma balança de precisão digital e a quantia de 83 reais  em dinheiro.

Valcirlei Pereira da Cruz o “Nenem”, 22 anos e de Erisvan Amaro Ribeiro o “Zulu”, 21 anos que eram investigados por tráfico e forneciam a droga para Rogerinho,  foram presos, já  que na residência dos mesmos foram apreendidas 400 gramas de pasta base de cocaína, 100 gramas de cocaína, produtos utilizados para refino de drogas, além de 2,2 mil reais  em dinheiro.

Nos últimos dias a equipe do Genarc tem intensificado a repressão à criminalidade em Goianésia, realizando diligências onde traficantes, homicidas, autores de crimes de furtos, de roubos, de receptação e de estupro foram presos em flagrante ou em virtude mandados de prisões.  De acordo com o delegado Marco Antônio Maria Júnior, titular do Genarc, em consequência do trabalho realizado pelo Genarc, houve uma diminuição de 40% dos crimes de furtos e roubos e 60% nos crimes de homicídios.

Geralda Ferraz – Escrivã de Polícia