Goianésia: Polícia Civil tira de circulação mais oito criminosos, seis deles foragidos da justiça

556
Foragidos e presos em flagrante na operação da Polícia civil, em Goianésia
Foragidos e presos em flagrante na operação da Polícia Civil

Oito foragidos da justiça foram presos na semana passada pela Polícia Civil, em Goianésia. As prisões fazem parte da Operação 300+, desencadeada com o objetivo de cumprir mais de 300 Mandados de Prisão expedidos pela justiça local.

Dois oito presos na operação em conjunto de Policiais Civis de Goianésia, incluindo os da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (DEAM) e do Grupo Especial de Repressão a Narcóticos (GENARC), também do município, seis foram em virtude de Mandados de Prisão e dois em flagrante.

Foram presos na sequência da Operação 300+ , Paulo Henrique Cândido Nunes, o Paulinho, de 25 anos; Marcos Antônio Pontes Lima, o Eré, 24 anos; Valdemar Honório dos Santos, 31 anos, o Neguinho de Niquelândia; Tiago Fernandes, o Tiaguinho, 18 anos; Eli Ilson Pereira de Oliveira, Maranhão, 38 anos; José Divino Gomes, o Zé Palavrão, 35 anos; Adimar Gomes, 32 anos; e Clebson Silva Souza, 29 anos.

De acordo com o Delegado Marco Antônio Maia, Titular da 15ª Delegacia Regional de Políci, de Goianésia, os Glênio Ricardo Costa, Titular da Delegacia de Polícia local, Murillo Leal, Coordenador do GENARC, e Poliana Bergamo, Titular da DEAM, e todos os Policiais Civis continuarão permanentemente na operação visando prender o maior número de foragidos possível.

Marco Antônio Maia ressaltou que os resultados positivos operação começaram a surgir já nos primeiros 100 da operação, com a prisão de 56 pessoas, das quais 48 em virtude de Mandados de Prisão. Das medidas cautelares cumpridas até agora, 65% eram de autores de homicídios consumados ou tentados.

“Somados os resultados da Operação 300+ com outros trabalhos realizados no dia a dia nas unidades policiais de Goianésia, tivemos como resultado uma acentuada queda de 75% nos registros de homicídios consumados e de 30% nos homicídios tentados, num comparativo com os primeiros 100 dias do ano de 2013