Governador faz visita à nova sede da Academia da Polícia Civil, em fase de conclusão

352
Governador Marconi Perillo visita a Academia da Polícia Civil acompanhado pelo Secretário da Segurança Pública, Joaquim Mesquita, e pelo Delegado Geral da Polícia Civil, João Carlos Gorski (ao centro)
Marconi Perillo visita a Academia da Polícia Civil acompanhado pelo Secretário da Segurança Pública, Joaquim Mesquita, e pelo Delegado Geral da Polícia Civil, João Carlos Gorski (ao centro)

A Polícia Civil contará daqui a 40 dias com uma nova sede para formação e capacitação de seus policiais. As obras da nova Academia da Polícia Civil foram visitadas sexta-feira, dia 6, pelo governador Marconi Perillo, acompanhado do secretário de Segurança Pública, Joaquim Mesquita, e do delegado geral da Polícia Civil, João Carlos Gorski.

Em fase final de construção, o novo prédio representa um investimento de R$ 7 milhões, sendo que os recursos são provenientes de convênio com a Secretaria Nacional de Segurança Pública. A aquisição de móveis e equipamentos para o pleno funcionamento da academia está em fase de licitação, já com R$ 2 milhões de recursos em caixa. Durante a visita, o governador também entregou 50 novas viaturas locadas à polícia civil, que serão distribuídas a diversas delegacias do interior do Estado e da capital.

Construída numa área de 23 mil m², no Jardim Bela Vista, em Goiânia, a Academia de Polícia Civil Antônio Gonçalves Pereira dos Santos terá capacidade para receber cerca de 1,2 mil alunos por dia. O nome é uma homenagem ao delegado Antônio Gonçalves, uma das vítimas do acidente com o helicóptero da Polícia Civil próximo ao município de Piranhas, em maio de 2012.

O espaço conta com salas de aula, academia de ginástica, laboratório de informática, sala de audiovisual, auditório, restaurante, estacionamento, alojamento, estande de tiro convencional e virtual, torre de rapel, piscina, campo de futebol, delegacia modelo, galpões para treinamentos de abordagem, armamento e imobilização, além de salas especiais que simulam ambientes de boates, bares, hotel e favela.

Conforme o secretário de Segurança Pública, Joaquim Mesquita, a nova sede da academia tem a estrutura adequada para formação e capacitação de novos policiais e para o processo de qualificação permanente dos servidores que já integram o quadro da Polícia Civil.

Governador cumprimenta os Policiais Civis na sua chegada à nova sede da Academia da Polícia Civil
Governador cumprimenta os Policiais Civis na sua chegada à nova sede da Academia da Polícia Civil

Em discurso, o governador Marconi Perillo destacou que, para resolver problemas estruturais nas unidades da segurança pública, o governo estadual implantou nesta área o mesmo modelo feito na educação – transferência direta de recursos -, que possibilitou a reforma de 1.096 escolas nos últimos dois anos, além de recursos liberados este mês para a construção de 520 quadras cobertas em unidades escolares de todo o Estado.

Pelo Programa Dinheiro Direto nos Quartéis e Delegacias (PDDQD), regulamentado pela Lei Estadual nº 18.303/2013 e Decreto Estadual nº 8.082/2014, estão sendo destinados R$ 4 milhões para reformas e melhorias em delegacias da Polícia Civil, quartéis da Polícia Militar e Bombeiros, além das unidades da Polícia Técnico-Científica de todo o Estado.

A respeito da nova Academia da Polícia Civil, Marconi disse ter orgulho de estar visitando uma estrutura moderna. ” Essa nova sede é uma demonstração do nosso respeito aos colaboradores da segurança, que garantem a preservação da cidadania e da segurança da sociedade.”

De acordo com o governador, apesar de todo o esforço, os Estados não conseguem resolver o problema de segurança pública no Brasil sozinhos. É preciso, como enfatizou, que o governo federal tenha uma estratégia de suporte financeiro para que os Estados e municípios consigam resolver as questões de segurança.

Marconi Perillo entrega chaves das novas viaturas ao Delegado Geral da Polícia Civil, João Carlos Gorsli
Marconi Perillo entrega chaves das novas viaturas ao Delegado Geral da Polícia Civil, João Carlos Gorsli

“O governo federal não pode continuar omisso a dois temas: a segurança pública e a mobilidade. Nós estamos fazendo a nossa parte tanto em relação ao transporte, naquilo que nos cabe, quanto em relação à segurança, também naquilo que nos cabe. Estamos fazendo o possível e o impossível. Só neste contratamos 3,8 mil, entre civis e militares. Estamos investindo na melhoria das nossas delegacias e dos nossos quartéis, passando dinheiro direto para que os delegados e coronéis executem obras de melhorias nesta área”.

Prosseguindo, o governador disse ainda que “estamos investindo muito em outras áreas da segurança, como na inteligência, com a construção dessa nova, moderna e melhor academia de polícia civil do Brasil. Mas é preciso um suporte do governo federal. Até porque 72% de todos os impostos e cobranças no Brasil ficam com a União. Se a União tem a maior parte do bolo, por que não distribuir uma parte desse dinheiro para que a gente possa resolver os problemas da sociedade? ”

 

Site: Goiás Agora
Fotos: Wagnas Cabral