Helicóptero Koala da Polícia Civil completa dois meses de operações a serviço da sociedade

388

Nos primeiros dois meses de atividades, completados no dia 29/11/2011, a Unidade de Apoio Aeropolicial – UAP, com o seu Helicóptero Modelo AW-119 MKII Koala, obteve resultados positivos em suas ações. A característica de efetuar um vôo pairado, com deslocamentos frontais e laterais, giros sobre o ponto, descida e subida verticais, pouso em áreas restritas, e pontos elevados faz do helicóptero uma aeronave versátil e de importância fundamental em missões de segurança pública e resgate aéreo. Foram realizadas as seguintes atividades:

Helicóptero modelo Koala da Polícia Civil completa dois meses de operações a serviço da sociedade

              As ações

I –  Atuação no esquema de segurança para o transporte de oito toneladas de drogas no dia 05/10, para o Porto Seco de Anápolis. Considerada como a maior operação de incineração de drogas já realizada no Estado de Goiás;

II – Atuação na “Operação Sal da Terra”, realizada nos dias 07/10 e 08/10, desencadeada pela Delegacia Estadual de Investigações Criminais (DEIC), com a finalidade de prender uma quadrilha especializada em roubar fazendas, maquinários e defensivos agrícolas na região de Rio Verde, Morrinhos, Acreúna e Itumbiara. Operação que resultou na prisão de 23 pessoas; a recuperação de mercadorias avaliadas em R$ 10 milhões; apreensão de cinco pistolas calibre 380, duas espingardas, carteiras de identidade falsas, blocos de notas fiscais falsas, rádios-comunicadores, binóculos e R$ 10 mil em dinheiro;

 III – Atuação na “Operação Aporé”, realizada no período de 18/10 a 21/10, com a integração das forças integrantes da segurança pública, Polícia Civil, Polícia Militar Rodoviária e Corpo de Bombeiros Militar, 80 policiais envolvidos, 03 dias de operação com o objetivo de identificar e apreender veículos roubados e/ou furtados em trânsito pela divisa GO-MT-MS. A operação resultou na apreensão veículos roubados e irregulares, constatadas várias infrações seguidas de punições, 2 mil pessoas foram abordadas, e a ação serviu ainda para coibir praticas criminosas e a entrada de substancias ilícitas em nosso estado.

 IV –  Apoio aéreo no cumprimento de mandados de busca e apreensão e/ou prisão, nos dias 22/10 e 23/10, realizados pela Delegacia Regional de Jataí e Genarc de Jataí;

 V – O transporte aeromédico em parceria com o Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Goiás, contou com a presença dos tenentes piloto e médico, e cabo enfermeiro, no dia 26/10, de Selma Bessa, escrivã de polícia, integrante da equipe de palestrantes do Projeto de Prevenção ao Uso de Drogas que foi vítima de um acidente automobilístico na BR-020 próximo a Planaltina de Goiás, quando se deslocavam para a realização de um trabalho educativo no município de Colinas-TO;

 VI – Atuação na “Operação Barraco da Fumaça” deflagrada no dia 04/11 na cidade de Caiapônia. O operação teve como objetivo desarticular quadrilhas de traficantes na cidade de Caiapônia. Além dos mandados de prisão cumpridos foram apreendidos veículos, armas, drogas (crack e maconha), além de materiais utilizados no refino e na embalagem de drogas. Foram presas 15 pessoas. Participaram da operação cerca de sessenta e cinco Policiais Civis, dentro os quais treze Delegados de Polícia, nove Escrivãos e quarenta e três Agentes de Polícia;

VII – No dia 08/11 foi realizada uma Missão Oficial de transporte do Governador do Estado de Goiás, Marconi Perillo, para a cidade de Brasília;

VIII –  Atuação conjunta com a Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra o Meio Ambiente – DEMA e o Centro de Apoio Operacional do Meio Ambiente – CAOMA do MPGO, no dia 11/11 , em Goianápolis, devido danos ambientais na região;

IX – Em parceria com a Gerência de Ensino Policial Civil, foi realizado uma instrução de tiro embarcado no dia 16/11, com o objetivo de simular situações de confronto que por ventura aconteçam.

 X – A Unidade de Apoio Operacional, através do sucesso obtido nas ações descritas, demonstra a importância da aeronave e o comprometimento de todos envolvidos na garantia da ordem pública. O acionamento em caráter de urgência da aeronave pode ser realizado pelos seguintes números: (62) 3201-2083 ou (62) 9607-5556.