Irmãos são presos suspeitos de homicídio em Anápolis

631

irmãos Kayan e IenePoliciais do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) da cidade de Anápolis solucionaram mais um caso de homicídio ocorrido no município, em fevereiro do ano passado. Os irmãos Kayan Castro Afonso e Iene Castro Afonso foram presos no dia 3 de janeiro de 2017, em cumprimento a mandados de prisão.

De acordo com as investigações, Kayan matou César Augusto Dias de Brito, motivado por ciúmes de sua namorada.Para o crime, ele teria contado com a ajuda do irmão e mais um indivíduo, ainda não identificado. César Augusto foi alvejado enquanto empinava pipa, próximo ao colégio da Vila União. Ele morreu no local.

Kayan teve seu mandado de prisão cumprido no presídio de Anápolis onde encontra-se recolhido pela prática dos crimes de roubo e porte de arma. O inquérito policial que apura o presente homicídio será enviado em breve ao Judiciário com a  responsabilização dos envolvidos.