Itumbiara: Motorista de prefeitura é preso por tráfico de drogas e roubo de combustível

368
Thiere Dias Oliveira, 26 anos

Policiais Civis do GENARC da 6ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Goiás, chefiados pelo Delegado Regional Ricardo Chueire, prenderam nesta terça-feira (23) Thiere Dias Oliveira (26), suspeito de tráfico de drogas, e de desviar diariamente pequenas quantidades de combustível e as depositar em garrafas plásticas e galões que eram armazenados em sua residência (foram apreendidos por volta de 300 litros entre gasolina e álcool) e depois eram vendidos.

Ele é motorista contratado pela Prefeitura Municipal de Itumbiara – GO, e estava a disposição do Lar Vicentino (Lar dos Idosos) dirigindo uma Kombi pertencente à instituição para a realização de coleta de material de doação, transporte dos funcionários e idosos da entidade.

Outro fato que chamou a atenção dos investigadores é que o detido não tinha escrúpulos, uma vez que literalmente “tirava o pão da boca dos velhinhos”, pois em sua casa também foram apreendidos sacos de pães e outros alimentos, tudo também desviado do abrigo de idosos. Segundo os policiais ele afirmou que usava o pão para alimentar galinhas em seu terreno.

Parte da droga apreendida com Thiere Dias

Também durante as buscas na casa de Thiere, em Itumbiara, os policiais desenterraram uma lata e um pequeno tambor que estavam cheios de maconha, um total de 16 “tijolos”, com peso total de 8 quilos da droga.

Ainda na casa do preso foram apreendidas duas balanças e papéis com anotações de controle de dívidas do narcotráfico, o que mostra definitivamente que ele estava atuando com intensidade, inclusive durante as investigações os investigadores suspeitaram que o mesmo poderia estar utilizando o veículo do lar para entregar drogas, mas tal situação não foi flagrada.

Ao fim da operação Thiere recebeu voz de prisão e foi conduzido a sede da Polícia Civil em Itumbiara onde está sendo autuado por tráfico de drogas e apropriação indébita qualificada, crimes que resultam, respectivamente, de 5 a 15 e 1 a 4 anos de reclusão e será ainda hoje remetido ao presídio regional de Itumbiara. A direção do Lar Vicentino foi contatada e ficou chocada com a situação e terá o combustível e alimentos restituídos pela Polícia Civil ainda hoje.

Fonte: Diário da Manhã
Texto: Diogo Teixeira