Livro que homenageia as Policiais Civis de Goiás será lançado na próxima sexta-feira (13)

275
Convite para o lançamento do livro Mulheres de Delegacia, sexta-feira

Será lançado no próximo dia 13(sexta-feira), às 9 horas, no Auditório da Secretaria da Segurança Pública de Goiás, na Av. Anhanguera nº7364, Setor Aeroviário, o livro intitulado “Mulheres de Delegacia”, uma alusão às Policiais Civis femininas que trabalham nas Delegacias de Polícia, enfrentando o crime e, ao mesmo tempo, um trocadilho com o nome “Delegacia de Mulheres”, especializada no atendimento às mulheres vítimas de violência.

Espaço culturalmente ocupado pelos homens, as Delegacias de Polícia ao longo das três últimas décadas vêm tendo a sua paisagem alterada. Cada vez mais mulheres estão ocupando estes lugares seja na função de Escrivães, Agentes ou Delegadas de Polícia. As mudanças são visíveis tanto para quem convive com as colegas quanto para quem é atendido por uma delas.

Atualmente, em Goiás, do total de Policiais Civis trabalhando em delegacias, 30% são de mulheres. Elas estão retratadas em 32 histórias, através de relatos autobiográficos que vão delineando o perfil das policiais goianas e fazendo a memória da própria Polícia Civil de Goiás, uma instituição centenária carente de registros sobre a sua história.

O livro traz histórias como a da 1ª delegada mulher do Brasil, Natalina; as peculiaridades do trabalho nas delegacias do interior – a desconfiança sobre o trabalho de uma profissional mulher; os casos de repercussão nacional, onde o papel das policiais foi fundamental; o trabalho invisível nos plantões de postos e delegacias de polícia; a realidade da policial que convive com os papeis de mãe, dona de casa e agente de polícia, portando arma; as policiais que são remanescentes do tempo de uma polícia anterior à abertura política: a 1ª greve da polícia em Goiás, equipe Ronda, carros Fiat 147, Brucutu, máquina de datilografar e carbono.

A organização do livro ficou a cargo da especialista em Assessoria de Comunicação e Escrivã de Polícia, Geralda da Cunha Teixeira Ferraz, que reuniu as histórias e procurou fazer das narrativas relatos carregados das impressões pessoais de cada policial sobre um mesmo universo, a Polícia e as peculiaridades de suas experiências pessoais. O livro traz ainda uma saudação especial a cada mulher – Policial Civil que integra a Instituição. Com uma tiragem de mil exemplares, será lançado pela Editora Kelps.

Assessoria de Imprensa da Polícia Civil