Polícia Civil: Dois traficantes de drogas são presos em Valparaíso de Goiás pelo GIH e GENARC

961
edeson e rafael
Edeson Ferreira e Rafael Pereira

Policiais civis do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) e do Grupo de Repressão a Narcóticos (GENARC) de Valparaíso, liderados pelo delegado Eduardo Gomes, prenderam em flagrante, pelo crime de tráfico de drogas, no dia 21 de janeiro de 2015, Edeson Ferreira de Sá, de 19 anos, e Rafael Pereira dos Santos, de 20 anos.

Após denúncia, os policiais passaram a monitorar um suposto ponto de tráfico de drogas, no Parque São Bernardo, Valparaíso. Durante vários dias, os policiais gravaram imagens, verificando que havia grande movimento de pessoas comprando entorpecentes com os autuados. Para prenderem os suspeitos, os policiais montaram duas equipes, uma que monitorou o local e outra, posicionada mais adiante.

A equipe mais próxima do local avistou quando um usuário adquiriu drogas com o suspeito, Edeson, e acionou a equipe parceira, que fez a abordagem do comprador, encontrando com ele uma porção de crack. O usuário foi levado à delegacia, onde foi liberado, logo após ter sido feito contra ele o procedimento por uso de droga.

De volta ao local, os policiais abordaram o suspeito Edeson, com quem foi encontrada outra porção de crack. Com a chegada dos policiais, Rafael, comparsa de Edeson, correu para o interior da residência, onde foi detido pelos policiais. Na casa dos suspeitos, foram encontradas porções de crack e de maconha, todas embaladas para venda e uma balança de precisão. Com eles foram encontrados, ainda, dinheiro em notas miúdas, supostamente proveniente do tráfico de entorpecentes.

De acordo com o delegado Eduardo Gomes, o local onde era feito o comércio de entorpecentes foi palco, em 2014, de diversos homicídios, corroborando a tese de que o sucesso da operação contra o tráfico de drogas contribuirá, para a redução das mortes violentas. O delegado regional Rodrigo Mendes elogiou toda a equipe pelo trabalho que resultou na prisão de mais dois traficantes.

Texto: Assessoria de Imprensa da Polícia Civil
Foto: Polícia Civil / GENARC / Valparaíso