Mais quatro pessoas são presas por tráfico de drogas em Luziânia. Entre elas, mãe e filho

595
Natalina
Natalina Marques Ribeiro

O Grupo Especial de Repressão a Narcóticos (GENARC) de Luziânia, região do Entorno do Distrito Federal, retirou das ruas mais quatro traficantes de drogas, na última semana. No dia 26 de junho, Natalina Marques Ribeiro, de 28 anos, foi presa em sua residência, durante cumprimento de mandado de busca e apreensão.

De acordo com as investigações, Natalina e seu companheiro utilizavam um lava-jato de carros, mantido na frente da casa do casal, como cobertura para a venda de entorpecentes. No local foram apreendidas porções de maconha e crack prontas para o comércio ilegal.

A suspeita foi presa em flagrante. As investigações sobre a participação de seu companheiro na prática criminosa continuam, uma vez que ele não se encontrava na residência no momento da prisão da esposa e apreensão dos entorpecentes.

Mais prisões
No dia 27 de junho, também em cumprimento a mandado de busca, o GENARC de Luziânia prendeu Maria da Conceição Amaral, de 58 anos, Bruno Amaral da Silva, de 35 , e Fábio Costa Oliveira, de 36, por traficarem drogas em residência, no bairro Parque Estrela Dalva IX.

familia
Bruno, Fábio e Maria Conceição

Segundo a delegada Caroline Matos, coordenadora do grupo, Maria da Conceição era responsável pelo atendimento aos usuários e seu filho, Bruno, com o auxílio de Fábio, ficava responsável pelo preparo dos entorpecentes.

Na residência, foram apreendidas 57 pedras de crack, aparelhos celulares, uma balança de precisão e dinheiro em notas miúdas. No local foi detido ainda um usuário de drogas que confessou ter ido ao local para comprar substância entorpecente. Com o usuário, foram encontrados cachimbos que seriam utilizados para o consumo da droga.

O delegado regional da 5ª Delegacia Regional de Polícia (DRP), Rodrigo Mendes, parabenizou as ações da delegada Caroline e sua equipe, envolvidos na investigação e prisão do grupo de traficantes.

Texto: Flávia Guerra – Assessoria de Imprensa da Polícia Civil
Fotos: Polícia Civil / GENARC / 5ª DRP