Matou por uma chapa de aço furtada. Foi preso por Policiais Civis do 2º DP, de Catalão

413

Marcos Ramos : Matou o andarilho por furto da chapa de aço

O furto de uma chapa de aço de fazer sanduíches foi motivo suficiente que Marcos Ramos de Rezende, de 35 anos, encontrou para matar, com dois tiros, o andarilho conhecido por Magrão. O crime aconteceu em dezembro passado, em Catalão. Só agora, porém, os Policiais Civis do 2º Distrito Policial (DP)daquele município, prenderam o suspeito. Natural de Goiânia e instrutor de uma auto escola na cidade, Marcos Ramos foi preso no último dia 11 por força de Mandado de Prisão expedido pela justiça

Durante as investigações, a Delegada de Polícia Marcella de Oliveira Souza Magalhães, Titular do 2º Distrito Policial, ouviu várias testemunhas do crime.  Todas disseram que Marcos Ramos não ficou satisfeito com o furto de sua chapa de fazer sanduíches e resolveu fazer justiça com as próprias mãos. Após sua prisão, os Policiais Civis apreenderam na casa do suspeito 13 munições intactas calibre 32 e um coldre. Perguntado sobre onde deixou a arma do crime, Marcos Ramos disse que a vendeu para um desconhecido pela quantia de R$ 900,00.

Murilo Brunio Pires Alves 

Marcos Ramos Rezende não foi o único autor de homicídios preso  pelos Policiais Civis do 2º Distrito Policial, de Catalão,  nos últimos dias. Murilo Bruno Pires Alves,  de 19 anos, natural de Catalão, foi preso suspeito de um homicídio e de uma tentativa. Ele estava foragido e foi localizado na zona rural do Distrito de Santo Antônio do Rio Verde. De acordo com as investigações, os crimes praticados por ele teriam sido motivados pela disputa de pontos de venda de drogas. Para a Delegada Marcella, os trabalhos de investigação nos dois casos superaram as expectativas. A Delegada garantiu que novas investigações estão em andamento e em breve outros crimes serão desvendados.

Texto: Delegado de Polícia Norton Luiz Ferreira – Assessor de Comunicação da Polícia Civil
Fotos: Polícia Civil / Catalão