Mozarlândia: Policiais Civis prendem pai suspeito de estupro da filha de 7 anos de idade

667
Stenio Alves

 Stenio Alves foi preso por Policiais Civis de Mozarlândia após ele ter estuprado a própria filha, S.M., que tem sete anos de idade. A menina, que mora em Goiânia com a mãe, estava passando as férias com o pai. O Delegado Paulo Ribeiro da Silva conta que Stenio teria abusado sexualmente de sua filha durante a noite e que, pela manhã, teria se dirigido para o trabalho onde executa a função de entregador em uma distribuidora de bebidas.

A mãe de Stenio foi até a residência dele e percebeu que S.M estava com sangramento e a levou para o Hospital Municipal de Mozarlândia. No atendimento o médico percebeu que a criança havia sido vítima de estupro e acionou o Conselho Tutelar. Diante da informação o Conselheiro Tutelar se dirigiu até a Delegacia para informar o ocorrido.

Os Policiais Civis então fizeram diligências para apurar as provas materiais bem como diligências no intuito de localizar Stenio, que foi localizado no distrito de São José dos Bandeirantes, distante cerca de 180 quilômetros da cidade de Mozarlândia.

Stenio foi preso, recambiado para a cidade de Mozarlândia e autuado em flagrante delito pelo crime tipificado no art. 217-A do CP. Durante seu interrogatório Stenio confessou, de maneira fria e detalhada, que é a terceira vez que abusa sexualmente de sua única filha. Participaram desta ação o Delegado de Polícia Paulo Ribeiro da Silva, o Agente Policial José Dias Dourado (Dentinho) e o Agente de Polícia Marcus Vinícius Moura do Carmo.