Mulher é presa com 501 quilos de maconha em carro roubado. Droga veio do Paraguai

386
renata
Renata recebeu o carro, mas levou até casa da ex-sogra

Uma mulher foi presa pela Polícia Civil, no dia 22 de setembro, com um veículo Hyundai Vera Cruz roubado na Vila Brasília, em Aparecida de Goiânia, o qual estava carregado com 501 quilos de maconha. O entorpecente havia sido trazido do Paraguai.

Segundo o delegado Alonso Cândido, adjunto da Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos Automotores (DERFRVA), a prisão da mulher foi realizada no Setor Pontal Sul, em Aparecida. Ainda conforme as informações da polícia, o veículo encontrado com a mulher havia sido roubado no dia 5 de setembro.

Ao prender a mulher, os policiais descobriram que o veículo roubado seria utilizado para o transporte de drogas, o que acarretou não apenas na prisão do traficante, mas, também na apreensão das drogas. O veículo, conforme o delegado, havia sido adquirido por um detento da Penitenciária Odenir Guimarães, em Aparecida de Goiânia.

Maria do Espírito Santo Fernandes Lima, de 45 anos, foi presa na residência em que estava o carro. Ela é mãe de Anderson Fernandes Lima, detento que havia encomendado o veículo. Inicialmente, o carro deveria ter sido guardado na casa casa da ex-mulher de Anderson, mas não coube na garagem da casa.

O veículo, abastecido com a droga comprada no Paraguai, foi, então, levado à casa de Maria. A ex-nora da mulher, Renata Lima, foi quem levou o veículo, que era rastreado, até a casa da sogra, com a ajuda de um mototaxista. Renata se apresentou voluntariamente e responderá pelo crime em liberdade. A polícia ainda investiga para onde seria levada a droga no dia seguinte ao flagrante.

Texto: Assessoria de Imprensa da Polícia Civil (com informações do Diário da Manhã) 
Foto: Canal Gama