Operação Bunker, da Furtos e Roubos, prende ladrões de veículos

676
presosfurtoseroubo9
Foto: Wildes Barbosa

A Operação Bunker, realizada na manhã desta sexta-feira (8) pela Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos Automotores (Derfrva), prendeu dois ladrões de carros. Um terceiro alvo dos mandados de prisão não foi encontrado em sua residência e, segundo a família, foi vítima de confronto policial no mês passado. A operação tinha o objetivo de colocar atrás das grades o trio de criminosos que atuam em roubos violentos na região da Grande Goiânia.

Segundo o delegado Glênio Ricardo Alves, que coordenou a operação, um dos alvos dos mandados, Ercival de Souza Fernandes Júnior, seria o autor de um roubo registrado por câmeras de segurança, no Parque Amazônia, em Goiânia, no final do ano passado. Na ocasião, ele e um comparsa, armados, abordaram a vítima que chegava em um estabelecimento.

Durante a operação, ao chegar à casa do suspeito, no Setor Estrela Dalva, a equipe foi informada que o mesmo faleceu. No entanto, a informação ainda deve confirmada, mesmo que a família tenha apresentado a certidão de óbito.

Os outros dois alvos, Murilo de Matos Barbosa e Carlos Eduardo Mendes da Silva, foram presos no Setor Três Marias e no Jardim petrópolis, respectivamente. Ambos são apontados como autor do roubo de uma camionete Hilux, ocorrido no ano passado no Setor Negrão de Lima. Para ter acesso à casa de Murilo, o Grupo Tático da Polícia Civil (GT3) precisou fazer uso de explosivos.

“A casa do Murilo era uma verdadeira fortaleza”, disse Glênio. Segundo ele, essa blindagem foi a responsável pelo batismo da operação “Bunker”, expressão que pode ser traduzida como “fortaleza, abrigo ou obstáculo de difícil transposição”. A dupla presa foi apresentada pelo titular da Derfrva, Adriano Costa, que reforçou a continuidade do trabalho da especializada no combate ao roubo de carros no Estado de Goiás.