Operação Cartão de Natal: Presas quadrilhas suspeitas de dar golpe em clientes de bancos

373

Polícia Civil prende quadrilhas suspeitas de dar golpe em clientes de bancos

Operação cumpriu 10 mandados de prisão temporária, em Goiânia.
Grupos clonavam cartões e deram prejuízo de mais de R$ 1 milhão

A Polícia Civil de Goiás deflagrou na manhã desta quarta-feira (19) a Operação Cartão de Natal. Duas quadrilhas suspeitas de dar golpes em clientes de bancos e clonar cartões de crédito foram presas em Goiânia.

Cerca de 70 policiais civis cumpriram 10 mandados de prisão temporária e 14 mandados de busca e apreensão. Em uma casa do Setor Cândida de Moraes, onde aconteceu uma das prisões, a polícia encontrou cartões de crédito em branco, computadores e pendrives.

De acordo com a Polícia Civil , uma das quadrilhas fabricava os cartões falsos usando dados de cartões verdadeiros. A outra roubava senhas bancárias via internet e depois sacava o dinheiro. Juntas, as duas deram prejuízo de mais de R$ 1 milhão.

Segundo a polícia, um bar e uma boate no mesmo bairro serviam de fachada para usar os cartões clonados. Todos os presos e o material apreendido foram levados para a Delegacia de Investigação Criminal (Deic).

A perícia nos computadores vai ajudar a polícia a descobrir onde e quando os golpistas agiam. Os investigadores já sabem que os equipamentos usados para fabricar os cartões falsos e os dados dos clientes usados para inserir nesses cartões, eram comprados de quadrilhas do exterior.

Segundo o delegado Germano de Castro, que comandou a operação, além dos presos mais gente pode estar envolvida: “Eles faziam um acordo com comerciantes, simulavam a compra de algum produto e, posteriormente, quando esse dinheiro era creditado na conta do comerciante, esse comerciante ficava com uma parte e eles ficavam com a outra”. De acordo com o policial, essas pessoas também serão indiciadas.

Fonte: http://g1.globo.com