Operação conjunta entre PC e PM resulta em seis prisões em Alexânia

400

WhatsApp Image 2017-04-23 at 00Seis pessoas foram presas em flagrante em uma operação integrada entre as Polícias Civil e Militar realizada na sexta-feira (21) em Alexânia. A ação movimentou 55 policiais, além de cinco conselheiros tutelares e agentes do Detran, que vieram acompanhando o Batalhão de Trânsito de Goiânia.

A área de atuação policial compreendeu tanto zona urbana quanto rural. A missão era reduzir armas de fogo em circulação, flagrar embriaguez ao volante, capturar foragidos, recuperar veículos e combater toda sorte de delitos.

Dos seis flagrantes realizados, três se deram por embriaguez. Dois ocorreram por posse ilegal de arma de fogo. O condutor de um veículo fugiu da barreira policial feita pelo Grupo de Policiamento tático (GPT), também presente no trabalho. Depois do devido acompanhamento, descobriu-se tratar de pessoa que fabricava arma de fogo caseira, com dispositivo de rosca para adaptar os calibres 22 e 38.

Um veículo roubado fora recuperado, e seu possuidor autuado por receptação, perfazendo o total de seis Autos de Prisão em Flagrante realizados. Até a praça do pedágio fora alvo dos trabalhos.
Com início programado para 20h, a Delegacia local, coordenada pela delegada Rafaela Azzi, fechou as portas às 4 da manhã.

Foram autuados por embriaguez ao volante: Geovani Moreira da Silva, Fernando Ribeiro de Lima e Wellington de Souza Silva. Lucas Pereira de Oliveira foi autuado por posse ilegal de arma de fogo de uso permitido e por dirigir sem habilitação. Maurício Antônio de Morais Júnior está recolhido por receptação. Ronan Caetano Gomes foi autuado por porte de arma de fogo.