Operação em Goianésia retira quatro traficantes das ruas. Treze foram levados à delegacia

336
goianesia
Objetos apreendidos na operação

Uma operação realizada pela Delegacia de Goianésia, em conjunto com o Grupo de Repressão a Narcóticos (GENARC) e Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (DEAM), prendeu quatro traficantes de drogas, no dia 4 de julho. A ação contou ainda com o auxílio das delegacias de Jaraguá e Uruana e do GENARC de Niquelândia.

Segundo o delegado Glênio Ricardo Alves da Costa, titular da Delegacia de Goianésia, treze pessoas foram conduzidas para a delegacia, dentre elas, dois menores, para os quais foram lavrados Boletins Circunstanciados de Ocorrência pela prática de ato infracional por posse e tráfico de drogas.

Dois maiores também tiveram lavrados Termos Circunstanciados de Ocorrência em seu desfavor, por posse de droga para consumo. Na ocasião, foram detidos Willian Lopes da Silva, na casa do qual foram achados 200 gramas de maconha, além de dinheiro em notas miúdas.

Os outros três presos, também por tráfico, são Alexandre Alecrim Guimarães, Lucas Batista Lemos e Adriana Batista Lemos, na residência dos quais foram achados pedras de crack e balança de precisão. Na operação, foram apreendidos ainda diversos aparelhos celulares e cartões de memória.

A ação contou com a participação de sete delegados e 25 policiais, entre agentes e escrivães. Glênio Ricardo, delegado titular, agradeceu o apoio dos colegas Marco Antônio Maia, delegado regional; Murillo Leal, delegado adjunto; Poliana Bérgamo, titular da DEAM, além dos delegados de Jaraguá e Uruana, Webert Leonardo e Tibério. Agradeceu, ainda, ao coordenador do GENARC de Niquelânia, Cássio Arantes.

Texto: Flávia Guerra – Assessoria de Imprensa da Polícia Civil
Fotos: Polícia Civil / Goianésia