Operação Estanque: Polícia Civil de Jataí desmantela organização de furto de combustível

356

caminhãoPoliciais civis do Grupo Especial de Repressão a Crimes Patrimoniais (Gepatri) e Grupo de Repressão a Narcóticos (Genarc) de Jataí realizaram, no dia 5 de março, a primeira etapa da Operação Estanque, voltada ao combate de crimes de furto de combustível. Na oportunidade, foi efetuada a prisão preventiva do empresário Eroni Toledo Pereira, suspeito de coordenar uma associação criminosa destinada ao furto de etanol de uma usina em Jataí.

De acordo com as investigações, nos últimos três meses, o grupo dirigido por Eroni subtraiu milhares de litros de etanol em, pelo menos, 10 furtos na usina. Parte do combustível furtado era vendida em dois postos da cidade, pertencentes ao empresário. A outra parte era levada para Goiânia e Aparecida de Goiânia.

Ao todo, já foram identificados oito integrantes da organização criminosa. Vários deles já confessaram o envolvimento e deram detalhes do esquema, inclusive de que eram ameaçados pelo empresário para não revelarem seu nome. Por terem colaborado, estão sendo investigados em liberdade. Dentre os envolvidos, havia empregados, ex-empregados, motoristas e empresários.