Operação Hypocrites apreende mercadorias sem nota fiscal na Rua 44

652

IMG_0286

Três caminhões carregados de mercadorias sem nota fiscal foram apreendidos. Polícia estima grande prejuízo causado por sonegação

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Estadual de Combate a Crimes contra a Ordem Tributária (DOT), em parceria com a Secretaria da Fazenda (Sefaz) e a Polícia Militar, deflagrou na quinta-feira (24), a Operação Hypocrites (hipócritas em português), na região da Rua 44, conhecido polo de confecção da capital. Na ocasião, foram cumpridos cinco mandados de busca e apreensão e oito pessoas foram conduzidas coercitivamente.

A ação, presidida pelo delegado de policia Charles Lobo, é um desdobramento de duas operações anteriores (Negócio da China I e II) e visa coibir a venda de notas fiscais na região da 44, protegendo assim o erário da sonegação fiscal, bem como a prática da concorrência desleal entre os empresários.

De acordo com as investigações, empresas de fachada são utilizadas apenas para emissão de nota fiscal com a finalidade de acobertar o transporte de mercadorias adquiridas na 44 sem nota fiscal. Estima-se que mais de R$ 1 milhão em impostos tenham sido sonegados. Ao todo, três caminhões de mercadorias sem notas foram apreendidos.