Operação Pente Fino do Genarc de Posse apreende drogas e armas em Presídio de Posse

405
operação posse
Materiais encontrados nas celas

Uma grande operação realizada no dia 24 de julho, no Presídio de Posse, no nordeste do Estado, culminou com a apreensão de celulares, chips, carregadores, além de drogas e armas artesanais. A ação, denominada “Operação Pente Fino”, contou com a participação de membro do Ministério Público e de policiais do Grupo de Repressão a Narcóticos (GENARC), da 13ª Delegacia Regional de Polícia.

Segundo o delegado Pedro Trajano, coordenador do GENARC, a operação, que envolveu mais de 50 pessoas, foi uma das etapas de investigação sobre o tráfico na região de Posse, já que levantamentos de cerca de dois meses levaram aos nomes de dois detentos. A operação teve também a participação de policiais de Iaciara e Alvorada do Norte, além de membros da Polícia Militar e da Agência Prisional.

operação posse2
Agentes envolvidos na Operação

Durante a operação, a polícia militar organizou a retirada dos detentos das celas e os policiais civis, a revista dos mesmos. Ao todo, o presídio comporta mais de 90 detentos, sendo a maioria homens. No local, os agentes de segurança encontraram 10 celulares, chips e carregadores, mais de 30 porções de maconha, mais de 10 porções de cocaína, um videogame e 84 objetos cortantes e contundentes.

De acordo com o delegado Pedro Trajano, foi necessária uma organização minuciosa para a realização da Operação, considerada satisfatória. Ele destaca que a missão só foi possível graças a cooperação das forças policiais. “Esta operação foi um importante golpe na criminalidade do nordeste goiano”, avaliou.

Texto: Flávia Guerra – Assessoria de Imprensa da Polícia Civil
Fotos: Polícia Civil / GENARC / Posse