Policiais Civis de Ceres apreendem carga roubada de maquinas e insumos agrícolas

718
Marco Túlio e Eder
Marco Túlio e Eder Gomes: Suspeitos presos

A Polícia Civil de Ceres, a 170 quilômetros de Goiânia, desencadeou, na sexta-feira, dia 2, a Operação Sentinela, após investigações acerca de roubos de maquinários e insumos agrícolas na região do Vale de São Patrício. Na ocasião, foram presos Marco Túlio Breno Alvarenga, de 22 anos, neto do proprietário da empresa Magril Máquinas Agrícolas, e o motorista Eder da Silva Gomes, 31 anos, que dirigia um caminhão com carga roubada.

De acordo com a investigação, comandada pelo delegado Alexandre Bruno Barros, as cargas eram roubadas em outros estados e revendidas em Goiás. Marco Túlio Breno já vinha sendo monitorado há algum tempo, suspeito de envolvimento nos crimes. Por meio de investigação, a Polícia Civil descobriu que um carregamento seria entregue na noite de 2 de maio. Depois de campana, os investigadores confirmaram a suspeita.

O delegado Alexandre Bruno Barros e os agentes Wilsomar Oliveira, Rodrigo Neves, Fernanda Cabral e Talitha Potenciano aguardaram no local onde mercadorias, avaliadas em R$ 3 milhões de reais, deveriam ser entregues. Horas depois, a equipe avistou um caminhão da empresa Magril fazendo a descarga em um galpão, momento em que os suspeitos Marco Túlio e Eder Gomes foram presos.

No local, ainda foram encontrados pelos policiais outros maquinários e peças que terão sua origem apurada. Segundo levantamento, o maquinário apreendido seria entregue a uma empresa no estado do Maranhão e foi roubado no distrito de Jardim Paulista, município de Nova Glória, confirmando toda a investigação feita pela Polícia Civil de Ceres. (Clique nas fotos para Ampliar)

Texto: Flávia Guerra – Assessoria de Imprensa da Polícia Civil
Fotos: Polícia Civil