Ossada humana: suspeito de matar esposa em Caldas Novas é preso no interior da Bahia

438
alessandro
Alessandro Rosa

Alessandro Belo Rosa, de 35 anos, suspeito de matar a companheira Tatiane Alves de Souza, em Caldas Novas, cuja ossada foi encontrada no dia 14 de julho, foi preso no dia 15 de julho, em Barra do Mendes, no interior da Bahia.

A prisão aconteceu depois que a Polícia Civil goiana entrou em contato com a polícia baiana, após informações de que os filhos de Alessandro e a ex-esposa residiam no município. Por fax, a Polícia Civil de Caldas Novas, encaminhou o mandado de prisão preventiva do suspeito.

Em seguida, a Polícia Civil de Barra do Mendes realizou diligências a fim de encontrar Alessandro, que foi preso e encaminhado à unidade prisional local. Do encontro da suposta ossada de Tatiane até a prisão do suspeito, passaram-se menos de 24 horas.

Relembre: https://www.policiacivil.go.gov.br/noticias/deam-de-caldas-novas-encontra-ossada-e-desvenda-desaparecimento-de-mulher.html

Segundo a titular da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (DEAM) de Caldas Novas, delegada Sabrina Leles de Lima Miranda, o assassinato de Tatiane chocou a cidade, sobretudo pela crueldade da execução – golpes de foice – e ocultação do cadáver. Alessandro será reconduzido ao município goiano, onde deve responder pelos crimes.

Texto: Flávia Guerra – Assessoria de Imprensa da Polícia Civil
Foto: Polícia Civil / Barra do Mendes-BA