Outubro Rosa: Coordenação de Saúde faz conscientização sobre câncer de mama

293

outubro-rosaA Coordenação de Proteção à Saúde do Servidor (CPSS) da Polícia Civil realiza, no mês de outubro, uma campanha de conscientização acerca da importância de prevenção e tratamento do câncer de mama. A ação faz parte do Outubro Rosa, uma campanha realizada em todo o mundo, com a finalidade de reduzir o número de mortes provocadas pela doença.

O principal objetivo da CPSS é estimular a realização do exame de mamografia, que pode detectar os tumores em fase inicial, aumentando as chances de cura. “A mamografia é uma arma nas mãos das mulheres, o câncer de mama se detectado na fase inicial, aumenta a chance de cura em 35%”, explica Luana Oliveira de Souza Jorge, coordenadora do grupo.

Segundo o Instituto Nacional do Câncer, a incidência de câncer de mama em Goiás é de 1.680 casos por ano, e a taxa de mortalidade é de 52,09 por grupo de 100.000 habitantes. “Nossa orientação é que as mulheres realizem a mamografia a partir dos 40 anos anualmente, e quem tem histórico familiar – mãe, tia ou irmã -, a partir dos 35 anos” emenda Luana.

Outra poderosa arma contra o câncer é o autoexame da mama. O autoexame deve ser feito uma vez por mês, preferencialmente logo após a menstruação. Já para as mulheres que não menstruam mais, o autoexame deve ser feito num dia fixo de cada mês. Durante o autoexame, a mulher deve procurar por deformações ou alterações no formato das mamas, abaulamentos ou retrações, ferida ao redor do mamilo, caroços nas mamas ou axilas e secreções pelos mamilos.

Vale destacar que o autoexame das mamas não basta para diagnosticar precocemente o câncer de mama ou o tumor, e outros exames mais específicos devem ser solicitados pelo médico.