Em Goiatuba, pai é preso suspeito de estuprar a filha de 15 anos e filmar o crime

304

goiatubaA Polícia Civil prendeu nesta quarta-feira (3) um homem de 38 anos suspeito de estuprar a própria filha, de 15 anos, em Goiatuba, no sul de Goiás. Com ele, os agentes apreenderam um celular onde estava armazenado um vídeo de sexo no qual, segundo a corporação, é possível identificar o pai violentando a menor. Segundo as investigações, a vítima também sofria constantes agressões físicas.

A polícia chegou até o suspeito após a adolescente procurar o Juizado da Infância e Juventude do município denunciando o pai e pedindo ajuda, na segunda-feira (1º). Ao ser encaminhada para a delegacia, a garota relatou que já tinha sido abusada duas vezes pelo pai e que ele havia gravado todo o estupro. Além disso, ela afirmou que sofria diversas agressões físicas.

A Polícia Civil procurava o suspeito desde o dia da denúncia, mas ele só foi encontrado em casa nesta quarta-feira. Segundo os agentes, o homem confessou os crimes ao ser preso. “Mesmo que não tivesse confessado, ao analisar o vídeo, não há dúvidas de que é o pai e a filha. Ela tem até uma tatuagem que dá para ser reconhecida nas imagens”, explicou o agente de polícia Osvaldo Santos da Cruz.

A polícia ainda aguarda os laudos do exame de corpo de delito para comprovar o estupros para concluir o indiciamento do suspeito. Entretanto, ele já foi autuado em flagrante por armazenar imagens de cunho sexual envolvendo uma menor de idade. A pena para esse crime varia de um a quatro anos de prisão. Se for confirmado o estupro, ele pegar até 10 anos a mais de detenção.

Fonte: G1