Pai que abusava de filhos de 4 e 2 anos é preso pela DPCA de Caldas Novas

347
francisco caldas
Francisco Rodrigues Lima

Agentes de Polícia Civil da Delegacia de Proteção a Criança e ao Adolescente (DPCA) de Caldas Novas, sob o comando da delegada Sabrina Leles, prendeu, no dia 3 de fevereiro, em cumprimento a Mandado de Prisão Preventiva, expedido pelo Poder Judiciário local, Francisco Rodrigues Lima, de 29 anos de idade, natural de Coroata-MA, pela prática dos crimes de maus tratos e estupro de vulnerável, contra seu filho de quatro anos de idade e sua filha, de apenas dois anos.

De acordo com a delegada, as investigações tiveram início depois que funcionários de uma creche acionaram o Conselho Tutelar e a Polícia Civil, devido a presença de várias lesões nos corpo do menino. O próprio menino teria relatado às cuidadoras que havia sido agredido pelo pai.

Segundo o relato das cuidadoras, o menino contou que o pai havia apertado seu pescoço e o machucado com uma faca. Exame de corpo de delito comprovou que, além dos sinais da agressão, a criança tinha sinais de atos libidinosos. Questionado, o menino contou que, durante o banho “o papai teria colocado a cobra para picar seu bumbum”, referindo, de forma inocente, ao abuso do pai.

Diante da afirmação do menino, os outros dois irmãos, de dois e oito anos de idade, foram imediatamente recolhidos em um abrigo infantil. No local, a menina de dois anos narrou à coordenadora do abrigo que o “papai namorava ela”, e descreveu que o pai acariciava sua genitália e beijava sua boca. A mesma versão foi confirmada pela garotinha na delegacia.

A Polícia Civil, então, representou ao Poder Judiciário pela expedição de Mandado de Prisão Preventiva, sendo o pedido deferido e a prisão cumprida. Preso, Francisco foi recolhido em uma das celas da Unidade Prisional de Caldas Novas. Segundo a delegada, já existem elementos de convicção suficientes para garantir o indiciamento dele pelos crimes de maus tratos e estupro de vulnerável.