PC de Itapuranga indicia investigado por homicídio e duas tentativas de homicídio

906

Douglas Rangel Silva matou Fábio Moreira e tentou matar sua ex-companheira, Lídia de Moura, e Lucas Malheiro no mês de julho deste ano

WhatsApp Image 2017-08-22 at 10
Douglas Rangel Silva Borba

A titular da Delegacia distrital de Polícia (DDP) de Itapuranga, Giovana Sás Piloto, concluiu na segunda-feira (21) o inquérito policial que indicia, pelos crimes de homicídio e tentativa de homicídio, Douglas Rangel Silva Borba, por alcunha “Dogão”. Ele foi investigado por ter assassinado Fábio Moreira Pinto, apelidado de “Bocão”, e tentado matar sua ex-companheira, Lídia de Moura Pereira, e Lucas Malheiro da Silva no dia 28 de julho deste ano.

Ainda segundo o que foi apurado pela Polícia Civil, Douglas teria cometido os crimes em uma motocicleta roubada em Americano do Brasil e pilotada por Marcos Vinícius Campos. Douglas foi preso pelos investigadores da DDP de Itapuranga no dia 09 de agosto. Havia mandado de prisão preventiva também em desfavor de Marcos Vinícius. Entretanto, ele foi morto no dia 04 de agosto em confronto com policiais militares após uma tentativa de roubo. Douglas se encontra detido na Unidade Prisional de Itapuranga, onde está à disposição do Poder Judiciário.