PC de Jaraguá prende homem que estuprava a própria filha, portadora de necessidades especiais, há 3 anos

455

Ele confessou à equipe de investigadores que praticava o crime porque acreditava que não seria descoberto, devido às condições da vítima

A Polícia Civil de Jaraguá prendeu um homem que abusava sexualmente da própria filha, portadora de necessidades especiais, há três anos. Ele confessou os reiterados estupros cometidos contra a jovem ao ser capturado pela equipe de investigadores no final da tarde de quarta-feira (25).

A denúncia do crime, de autoria do Conselho Tutelar do município, chegou ao conhecimento da Polícia Civil dias atrás, com imediata instauração do inquérito policial, ao longo do qual foram obtidas provas contundentes da prática delituosa. Ao ser preso, o pai da vítima confessou, de maneira fria, que cometia os abusos contra a filha porque, devido a sua condição especial, não acreditava que seria descoberto.

Com a confissão, representou-se pela conversão de prisão temporária, prontamente atendida tanto pelo Ministério Público quanto pelo Judiciário, em preventiva. De acordo com o delegado responsável pelo caso, Glênio Ricardo, os nomes das partes serão preservados, uma vez que, pelas características do crime, houve a necessidade de decretação de sigilo para o procedimento. A Polícia Civil agradece a salutar parceria com o Poder Judiciário, com o Ministério Público e com o Conselho Tutelar, pois, essa parceria facilita, sobremaneira, os trabalhos da polícia investigativa.