PC e PM desarticulam bando que explodia agências bancárias

373
Tenente-coronel Urzeda e os delegados Alex Nicolau e Thiago Damasceno.
Tenente-coronel Urzeda e os delegados Alex Nicolau e Thiago Damasceno.

Ação conjunta das polícias Civil e Militar resultou, nesta terça-feira (17/05), na apreensão de armas, munições, explosivos e um veículo roubado. Na operação, desencadeada em Gouvelândia, logo após um ataque a uma agência bancária local, dois criminosos foram mortos em confronto com uma equipe do Graer/PM (Grupo de Rádiopatrulha Aérea) – Gariel Aparecido Rezende, de 25 anos e Saulo Magno Ribeiro Ramos, de 29 anos.

De acordo com o delegado Alex Nicolau Vasconcelos, chefe do GAB/Deic (Grupo Antirroubo a Banco), os homens faziam parte de uma associação criminosa especializada em explosões a caixas eletrônicos e agências bancárias. Além dos dois mortos, outros dois integrantes do bando conseguiram fugir. “Nós já temos a identificação dos foragidos e acredito que em breve conseguiremos prendê-los”, comentou Vasconcelos.

As investigações do caso duraram cerca de 35 dias e a Polícia Civil concluiu que o grupo criminoso é também o responsável por ataques a agências em Campo Alegre de Goiás (no último dia 13 de abril) e em Bom Jesus de Goiás (no último dia 15 de abril).